Locais

Mulher denuncia que teve atendimento negado pelo SAMU-Patos, após sofrer forte hemorragia. Grávida, ela perdeu o bebê. Ouça

A paciente então teve que pegar uma moto e ir à UPA, e depois de muito tempo lá esperando, foi encaminhada para a Maternidade Dr. Peregrino Filho

A jovem Bianca Russell Neves Aires, residente no Bairro do Belo Horizonte aqui em Patos, procurou a reportagem do Patosonline.com, na manhã desta sexta-feira (11), para buscar um esclarecimento sobre quais tipos de serviços o SAMU-Patos deve prestar assistência. Segundo ela, ligou para o SAMU na noite desta quinta (10), por volta das 20h, e foi atendida por um médico de plantão. Quando ela informou que estava sofrendo uma hemorragia grave.

Nesse momento, a mesma foi informada que o SAMU não atende a esse tipo de ocorrência e ordenou que a paciente procurasse o Complexo Hospitalar de Patos para resolver o problema. Informou ainda que o máximo que poderia fazer era pra ela fazer e indicar o atendimento no hospital. 

A paciente então teve que pegar uma moto e ir à UPA, e depois de muito tempo lá esperando, foi encaminhada para a Maternidade Dr. Peregrino Filho, onde foi internada ainda perdendo muito sangue, e hoje (sexta-feira), saiu a informação de que ela tinha perdido o beber.

Até o fechamento desta matéria, Bianca Neves estava internada para realizar o processo de curetagem (procedimento realizado pelo ginecologista com o objetivo de limpar o útero através da remoção de restos de um aborto incompleto)

“Em que estado de saúde a pessoa tem que estar para receber atendimento do SAMU em Patos? Eu, em estado grave, tive de pegar uma moto para ir à UPA e depois pra Maternidade. Eu tinha que estar como para ser atendida”, questionou a cidadã. 

A moradora disse que estava sangrando muito e com fortes dores, mas, mesmo assim, teve o atendimento negado pela equipe do SAMU. 

Não precisa dizer que a mesma está revoltada com a situação. Ela acha que se o SAMU tivesse lhe atendido, a história poderia ter tido outro desfecho. 

A reportagem do Patosonline.com buscou uma resposta da equipe do SAMU-Patos, mas não conseguiu um retorno até o momento. A paciente não soube informar o nome do médico que atendeu a sua ligação e passou as orientações relatadas acima.

Ouça abaixo o relato da jovem e sua postagem no grupo WhatsApp do Patosonline.com.

Patosonline.com

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close