MPE pede a cassação e candidato por abuso de poder político e econômico



O Ministério Público de Cajazeiras protocolou, na tarde desta terça-feira (18), uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) contra o atual prefeito e candidato a reeleição, Carlos Rafael (PTB). O motivo da ação seria a suposta prática de abuso de poder político e econômico por parte do gestor.

De acordo com informações de um dos funcionários da 42ª Zona Eleitoral, Willian Pessoa Cardoso, o promotor Márcio Gondim verificou que teria havido contratações irregulares por parte do prefeito em período vedado. Baseado nisso, o promotor pede a cassação do registro de candidatura de Carlos Rafael e já acrescenta na ação que, caso ele seja eleito, o diploma dele seja cassado.

O promotor pediu, no processo, que o juiz local faça as devidas diligências e ouça testemunhas para averiguar o caso e, se constatadas as irregularidades, que Carlos Rafael fique fora da disputa eleitoral deste ano ou perca seu mandato, em caso de eleição.

Fonte: Fonte: Nice Almeida – PoliticaPB