LocaisPolitica

Promotor do patrimônio público fala sobre a revogação da recomendação do MP para que pagamentos de emendas impositivas de vereadores fossem suspensas. Ouça

ÓTICAS GUIMARÃES

O promotor de justiça Dr. Carlos Davi, da cidade de Patos-PB, falou para a reportagem da Rádio Espinharas nesta segunda-feira (05), e na oportunidade esclareceu que o Ministério Público da Paraíba, através do 4º Promotor de Justiça de Patos, revogou parcialmente a recomendação 05/2022 que estabelecia uma suspensão da execução orçamentária das emendas impositivas apresentada pelos parlamentares do município de Patos.

Portanto, a recomendação foi anulada parcialmente devido algumas entidades que ainda faltam fornecer informações sobre suas finalidades sociais, tendo em vista que as referidas emendas têm como objetivo a destinação de verbas orçamentárias para as entidades apontadas.

O Ministério Público vai avaliar se, efetivamente, esses recursos serão empregados em algum interesse ou bem coletivo, ou em algo que traga retorno social, conforme mencionou Dr. Carlos Davi.

De acordo com o MP, são 4 entidades que estão carentes de informações mais detalhadas. Desta forma, houve a necessidade de suspender parcialmente as emendas.

Para que essas entidades tenham as verbas liberadas, será necessário que todas apresentem as informações específicas sobre a destinação dos recursos.

Ouça mais detalhes no áudio que segue abaixo.

Dr. Carlos Davi – Áudio: Higo de Figueiredo

Matéria por Patosonline.com
Áudio de Higo de Figueiredo – Rádio Espinharas


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo