Motorista que atropelou cinco pessoas em calçada, na PB, é considerado foragido

Veículo após acidente em Areia, no Brejo da PB — Foto: Reprodução/TV Paraíba



O motorista que atropelou cinco pessoas em uma calçada, na cidade de Areia, no dia 22 de setembro, é considerado foragido pela Polícia Civil. Alíson Teixeira de Sobral, que dirigia o veículo, e o acompanhante, Antônio José da Silva, iriam se apresentar na delegacia na tarde desta terça-feira (1º), mas não compareceram na Central de Polícia, em Campina Grande.

Uma menina de seis anos, atingida pelo veículo, teve morte cerebral no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Cinco pessoas foram vítimas do acidente. Todas as elas foram socorridas para o Hospital de Trauma. Uma mulher e um menino não resistiram aos ferimentos e morreram na unidade de saúde. Um homem também passou por uma cirurgia. Uma outra criança recebeu alta.

Antônio José é o dono do carro que atropelou as vítimas, mas estava no banco do passageiro no momento do acidente. A suspeita da polícia é que os homens estavam com sintomas de embriaguez. A polícia entrou com uma representação pela prisão preventiva da dupla.

De acordo com relatos de testemunhas, o veículo descia uma ladeira conhecida como “Chã”. O motorista perdeu o controle do carro, invadiu uma calçada, colidiu no muro de três casas e atingiu as cinco vítimas que estavam indo para a igreja.

Foram atingidos uma mulher, de 33 anos, um homem, de 28 anos, um menino, de 9 anos, uma garota, de 6 anos e outra menina, de 4 anos.

G1 PB




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.