Morte de Daniela: Delegado diz que polícia enfrenta "lei do silêncio" na comunidade, mas acredita num desfecho positivo das investigações. Ouça;



O delegado seccional da Delegacia de Homicídios de Patos, George Wellington, afirmou nesta terça-feira, 28, no jornal Notícias da Manhã, da Rádio Espinharas 97,9 FM de Patos, que a polícia vem enfrentando dificuldade para colher informação sobre o suposto autor do crime que vitimou a jovem Danieli Morais, que foi morta com três tiros na noite da última sexta-feira, 24, no bairro Sete Casas.

George Wellington afirmou que impera a lei do silêncio na comunidade, o que tem levado os investigadores a encontrar dificuldades para colher informações na comunidade, que podem chegar de forma anônima ao conhecimento da polícia através do número 197 do Disk Denúncia.

Apesar da dificuldade no levantamento das informações, George Wellinton confirmou que a polícia já trabalha na identificação do principal suspeito do crime, e acredita que as investigações serão concluídas nos próximos dias com um resultado positivo. Ouça o delegado George Wellington;

Delegado Seccional George Wellington

Patosonline.com

Áudio de Misael Nóbrega