Morte de comerciante em São José do Bonfim ainda é um mistério para a polícia



O assassinato do comerciante Antônio Gomes Limeira, mais conhecido como “Antônio do Frango”, ocorrido na noite do último dia 4 de março, no Sítio Pé de Serra, em São José do Bonfim, no Sertão da Paraíba, ainda é um mistério para a Polícia Civil. O caso segue sob sigilo e ninguém ainda foi preso pelo crime.

Em entrevista à Rádio Arapuan FM de Patos, o delegado responsável pelas investigações, Elcenho Angel, disse que a polícia ainda não tem uma linha de investigação pré-definida. “A gente não pode dizer que houve um latrocínio, ainda. Nós não temos uma linha de investigação pré-definida. A gente sabe que uma bolsa que se encontrava dentro do veículo foi encontrada às margens de um açude no Sítio Pé de Serra. Mas, o que continha dentro da bolsa só era toalha e pocate de sabão. Não havia qualquer objeto de valor ou dinheiro”, contou o delegado.

Antônio do Frango” era proprietário de um mercadinho em  Teixeira e outro em Mãe D’água e distribuía frangos no comércio de São José do Bonfim. Era casado, e deixou quatro filhos.

Qualquer informação que ajude a polícia pode ser passada ao telefone 197 e a pessoa não precisa se identificar.

Airton Alves com informações da Rádio Arapuan FM de Patos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com