• Dra Milena
Locais

Moradora da Bahia procura familiares que podem estar no sertão da Paraíba; seus avós são Severino Guedes e Adelina Guedes

ÓTICAS GUIMARÃES

A senhora Cheila Guedes Ferraz, que hoje mora na Bahia, entrou em contato com a reportagem do Patosonline.com, na manhã desta sexta-feira (27), para tentar reencontrar os seus avós, Severino Guedes Bezerra e Adelina Guedes Ferraz, que, segundo ela, são da Paraíba, e possivelmente encontram-se na região de Patos.

Cheila é filha de Maria da Penha Guedes Ferraz, que faleceu quando ela tinha apenas 7 anos de idade. Depois desse fato, ela ficou sozinha e, desde então, vem tentando reencontrar seus familiares, que podem estar pelo sertão da Paraíba.

“Eu fiquei órfã aos 7 anos de idade de pai e mãe, em um acidente de carro. E como não conheço a família da minha mãe, também fiquei sem parente nenhum. E fui criada pela melhor amiga da minha mãe. Foi muito difícil crescer e ficar adulta e não conhecer os parentes da minha mãe na Paraíba. Quando ela estava viva, falava sobre duas cidades: Souza e Patos, mas não temos certeza. Nunca tive condições financeiras de sair da Bahia e ir na Paraíba, por isso peço encarecidamente uma ajuda para encontrar meus familiares no Estado da Paraíba”, disse Cheila.

Ela disse que sempre teve um enorme desejo de conhecer os seus parentes, pois se sente só e gostaria de reencontrá-los para reativar os laços.

“Acredito que minha mãe tinha 18 ou 19 anos quando saiu da Paraíba e veio para a Bahia. Com o falecimento dela, eu fiquei sozinha, sem mãe, sem pai, sem família nenhuma porque toda a minha família é da Paraíba. Quando eu nasci, ela tinha 20 anos, e ela faleceu muito cedo. Daí, a melhor amiga da minha mãe, vendo que eu tinha ficado sozinha, me adotou e hoje eu moro do lado dela”, contou Cheila.

Patosonline.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo