Morador que ateou fogo em terreno baldio se revolta com matéria e pede direito de resposta ao Patosonline



O senhor Benedito dos Santos, residente no Loteamento Luar de Angelita, em Patos, está indignado após ter seu nome veiculado em matéria dando conta que ele ateou fogo em terreno baldio na referida localidade. O caso aconteceu na tarde da terça-feira, dia 28.

O fato relatado pelo jornalista Jozivan Antero foi confirmado pela guarnição do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), que atendeu à solicitação de um dos moradores diante do fogo ateado no matagal no terreno pelo senhor Benedito. O Sargento Marcílio confirmou as informações e outros moradores também, porém, o cidadão alega que a matéria teria inverdades.

Ao consultar a equipe de redação, o site decidiu publicar a nota enviado pelo senhor Benedito, identificado na matéria como “Pastor Benedito”.   

“Direito de resposta

Eu Benedito dos Santos, residente a Rua José Aldefran da Costa Brito, 297 – Bairro Novo Horizonte – Loteamento Luar de Angelita, venho por meio da Lei 13.188 de 2015 inciso V – que me seja dado o direito de resposta na sua integridade de relatar a verdade e tão somente a verdade.

O Site de noticias Patos online trata em sua manchete: pastor é detido pela policia militar após atear fogo em mato na cidade de patos, – só na manchete já observamos um absurdo lingüístico, literalmente falando, impossível um ser humano atear fogo numa cidade como informa o site. Continuando, o site informa que o loteamento luar de angelita é próximo ao bairro novo horizonte, vale salientar que o loteamento luar de angelita é complemento do bairro novo horizonte. Vale lembrar ao site em questão, que o matagal ao qual se refere é um lote vazio, por trás do muro da minha casa e o ato criminoso que o site se refere, foi ato impensado da minha parte, sim, não me omito, nunca criminoso, estava colhendo terra do terreno para preparo de adubo para o cultivo da minha cultura de jardim.

Desenvolvendo a matéria, observamos o desleixo do site, onde faz “o fazer, fazer, e não o em fazer”. (checar suas fontes). Eu não sou apenas um pastor Benedito como o site se refere. Tenho identidade, direitos e deveres, se o site tivesse tido o interesse de um autentico e fiel veiculo de informação, teria me consultado, que inclusive tinha interesse em me dirigir aos moradores vizinhos pedindo perdão pelo mal estar causado. O site deveria como regra geral, ouvir os dois lados da noticia.

Em outro momento, o site falta com a verdade ao mencionar “os moradores acionaram a policia militar e a guarnição chegou minutos depois, não procede. O site não esclarece a que minutos, pois a verdade é que um morador de nome Victor Matheus, que se recusou ir confirmar denuncia e isso o site não relata. O pastor Benedito foi detido em flagrante e conduzido até a delegacia de policia. Quero esclarecer que flagrante é o trato data pelo site com relação aos fatos. Meu nome é Benedito dos Santos e não “pastor Benedito”.

Por fim, eis o teor da verdade;

Aos 28 dias do mês de julho de 2020, onde estava presente o delegado José Edson Pedrosa Monteiro, compareceu Benedito dos Santos, que na presença da autoridade policial respondeu que no dia 28 de julho por volta das 17 horas, colhendo terra para preparo de adubo colocou fogo no mato e perdeu o controle e chegou a queimar uma área maior do que o esperado, que não tinha autorização para realizar a queimada, que não tinha a intenção de realizar um incêndio na proporção que tomou, que foi a primeira vez que aconteceu uma situação dessa natureza e mesmo queimando uma área grande, não causou prejuízo a ninguém e nem ao patrimônio de terceiros, dando essa autoridade por encerrado.

Eis aí então a veracidade dos fatos. Nada mais tenho a declarar.

Atenciosamente,

Benedito dos Santos”


Jozivan Antero – Patosonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.