Miss que fez vídeo zombando de entregador que usava bicicleta em MT vai perder o título, decide organização de concurso



A organização do Concurso Miss Mato Grosso 2019 decidiu nessa sexta-feira (25) cassar o título da Miss Campo Novo do Parecis, Bruna Reis Figueiredo, depois dela postar um vídeo ironizando um entregador de comida por fazer o trabalho em uma bicicleta e o caso gerar repercussão nas redes sociais. Para os responsáveis, Bruna feriu os princípios que regem o concurso e a função que uma representante precisa exercer durante o período em que assumiu o compromisso de ser miss. Segundo a nota emitida na noite de sexta-feira, Bruna Figueiredo será notificada da decisão na segunda-feira (28). “A organização repudia qualquer atitude discriminatória ou que deprecie outro ser humano. Tal conduta não é condizente com a função assumida ao conquistar a coroa que ela representa. Lamentamos o ocorrido e reiteramos nosso compromisso, seriedade e respeito que o Concurso Miss Mato Grosso tem com a sociedade mato-grossense”, diz trecho da nota. O vídeo postado no início da semana mostra o entregador de um aplicativo seguindo de bicicleta por uma avenida em Cuiabá, logo à frente do carro em que a modelo estava. Diante da repercussão, ela fez outras postagens pedindo desculpas e dizendo que quer localizar o entregador para se desculpar. No vídeo, ela diz: “Não acredito heim?! Tá ruim pra mim, tá ruim pra você, tá ruim até pro entregador. Não desmerecendo o trabalho do menino, mas é aí que você vê porque sua comida chega atrasada. A pessoa, além de estar de bicicleta, está em marcha lenta, subir a ladeira”. Fonte: G1



Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.