Ministro Versiani: ‘Diga ao povo da Paraíba que meu voto só será dado em 2009’



O ministro Arnaldo Versiani, do Tribunal Superior Eleitoral, desfez nesta quinta-feira 18 o disse-me-disse em relação a data em que vai proferir seu voto vistas sobre os embargos interpostos pelo governador Cássio Cunha Lima. Por meio de sua secretária, ele avisou: “Diga ao povo da Paraíba que meu voto só será dado em 2009”.

 

Mais cedo, o gabinete do ministro no TSE havia admitido a um portal da Capital paraibana que havia possibilidade do voto vistas ser proferido antes do recesso judiciário. A Corte se reúne hoje e amanhã, 19.

 

Os assessores aguardam manifestação oficial do ministro, que acabou antecipando à imprensa.