Ministro nega seguimento ao Recurso Especial do candidato a vereador de Patos




O Ministro Félix Fischer, do Superior Tribunal Eleitoral, negou seguimento ao Recurso Especial (RESPE 31269) em que o candidato a vereador do PCdoB de Patos, Rildean da Silva Pires, pretendia anular a decisão da Justiça local, confirmada pelo TRE/PB que indeferiu o seu pedido de registro, por não haver comparecido ao plebiscito sobre a venda de armas.


 


Com isso fica impugnada  a candidatura do referido vereador, cujo partido ainda poderá providenciar um substituto.  Os demais processos que interessam à região, casos do deputado Dinaldo Wanderley (candidato a prefeito de Patos), Rosalba Nóbrega (candidata a prefeita de São José do Bonfim), José Afonso (candidato a prefeito em Santa Terezinha) e Alexandre Remigio (candidato a prefeito em Emas), entre outros, deverão ser analisados na última sessão ordinária prevista para esta quinta-feira, 25/09/2008, último prazo para que todos os recursos sejam decididos pelo TSE. 


Luiz Gonzaga Lima de Morais: revistadasemana.blog.uol.com.br