Brasil

Ministro garante parcelas de R$ 400 do Auxílio Brasil na próxima semana

João Roma assegurou também que haverá ainda este mês o pagamento retroativo das parcelas de novembro

ÓTICAS GUIMARÃES

O presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ministro da Cidadania, João Roma, comemoraram nesta 5ª feira (2.dez) a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios no plenário do Senado. Bolsonaro afirmou, durante evento no Palácio do Planalto, que a mudança na regra para os pagamentos vai permitir que o governo pague para todos os inscritos no Auxílio Brasil parcelas de no mínimo R$ 400.

Em entrevista à imprensa, João Roma cravou que a partir de 10 de dezembro o governo irá pagar o benefício já com o novo valor. No mês passado, o ticket médio das parcelas ficou em R$ 217. Por isso, segundo o ministro da Cidadania, os técnicos da pasta já trabalham para pagar em dezembro o retroativo referente às parcelas de novembro. 

O pagamento das parcelas já com o valor de R$ 400 vai até o dia 23 seguindo o calendário normal de pagamento do programa social. Normalmente, o benefício começa a ser pago no dia 17, no entanto, em dezembro, por causa do Natal e Ano Novo os valores são antecipados. 

O presidente e o ministro assinaram durante a tarde desta 5ª a regulamentação de outro benefício, o Auxílio-Gás. A partir de dezembro, famílias inscritas no Cadastro Único que tenham renda familiar de um salário mínimo ou menos irão receber, a cada dois meses, 50% do preço médio cobrado nas distribuidoras pelo botijão de gás de 13 kg. Para quem mora em São Paulo, por exemplo, se o benefício fosse pago hoje, o valor seria de R$ 51.

Fonte: SBT News

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo