Ministério Público Federal cobra ações de fiscalização e cumprimento das medidas de isolamento em Patos



O Ministério Público Federal-MPF, por meio da Procuradoria de Patos, instaurou um procedimento administrativo com o objetivo de acompanhar as medidas adotadas pelas autoridades de saúde, no enfrentamento a pandemia do novo coronavírus, junto aos estabelecimentos comerciais de Patos.

O documento assinado eletronicamente pelo Procurador da República, Tiago Misael, cobra a adoção de medidas eficientes para garantir o cumprimento das determinações de isolamento social, durante a pandemia.

O procurador estabelece um prazo de três dias para que sejam implementadas as medidas de fiscalização e cumprimento ao isolamento, e cita a estatística desta quarta-feira, 12, quando o município chegou a 128 casos e 9 mortes.

Tiago Misael também faz menção a recomendação expedida pelo Ministério Público Federal-MPF, Ministério Público do Trabalho-MPT e Ministério Público da Paraíba-MPPB, a Prefeitura de Campina Grande, para que sejam tomadas as medidas de isolamento social, no sentido de minimizar os riscos de contágio pela covid-19. Confira o documento;

Patosonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.