• Dra Milena
Gerais

Ministério da Saúde encontra cerca de 1.400 doses de vacinas contra Covid-19 vencidas, em Lucena-PB

Imunizantes serão descartados por conta de mau acondicionamento de refrigeração.

ÓTICAS GUIMARÃES

Cerca de 1.400 vacinas devem ser descartadas por terem sido identificadas fora do prazo de validade no município de Lucena, no Litoral Norte paraibano. De acordo com o Ministério Público Federal na Paraíba (MPF), as vacinas perderam as condições de aplicação por conta do mau acondicionamento de refrigeração. A inspeção ocorreu nessa terça-feira (18), durante a apuração dos erros vacinais ocorridos desde dezembro do ano passado na cidade.

Ainda conforme o Ministério Público, há uma agravante sobre as vacinas vencidas. Conforme apurado, em 6 de dezembro de 2021, o município solicitou à Secretaria de Saúde Estadual 1.400 doses quando ainda tinha 72 doses em estoque. Para o MPF, esse fato demonstra a falta de planejamento do gestor de saúde do município. A irregularidade traz prejuízos não só para a União, como para outros municípios da Paraíba que precisam dos imunizantes.

Vacinação irregular 

De acordo com as investigações, em Lucena, foram vacinadas 49 crianças, das quais 13 com imunizante dentro do prazo de validade e 36 com imunizantes para adultos e vencidos. Haverá acompanhamento médico de cada criança durante 30 dias.

Além disso, MPF e MPPB também tomaram conhecimento que cerca de 200 pessoas, entre jovens e adultos, tomaram a vacina fora do prazo de conservação de 30 dias que o imunizante da Pfizer requer em ambiente refrigerado, entre 2 e 8 graus Celcius, conforme normas dos órgãos sanitários.

Fonte: Portal T5


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo