Mineral deve mesmo assumir vaga de deputado e se manter na oposição



O deputado estadual, Tovar Correia Lima (PSDB), confirmou que existem conversas em torno de uma possível licença do ex-presidente da Casa, Ricardo Marcelo (PEN).

De acordo com Tovar, enquanto a bancada de oposição fazia reuniões para saber como o partido vai se comportar, surgiu essa notícia do possível afastamento de Marcelo.

Tovar explicou que o ex-presidente afirmou que estava pensando nessa decisão e já não compareceu a sessão de reabertura dos trabalhos da Casa nesta terça (24).

“Fizemos uma reunião de discussão sobre o bloco e sobre o PEN como vai se comportar, pois tem quatro parlamentares e dois estão na situação e dois na oposição, precismos falar com Ricardo Marcelo e com todos eles para ver o bloco nas comissões e surgiu essa notícia”, destaca.

De acordo com o tucano, o PEN deverá ficar no bloco da oposição. Caso Ricardo Marcelo se licencie quem assume a vaga é o deputado Antonio Mineral (PSDB) e Tovar afirmou que essa questão não altera o sentido, pois Mineral também deve se manter na oposição.

Marília Domingue – www.paraiba.com.br