Michelle Ramalho absolve o Confiança de Sapé, mas denuncia Serrano ao STJD por suposto jogo fantasma

Foto: Voz da Torcida



O suposto envolvimento de dois clubes paraibanos em jogos fantasmas segue repercutindo no estado.

A investigação se tornou pública após a matéria do programa Fantástico, da Rede Globo, exibida no último domingo (17), que revela os detalhes das fraudes. Entre as partidas falsas, está uma entre Andraus Brasil-PR e Serrano. Apesar de fortes indícios de que o duelo não teria acontecido, o amistoso movimentou R$ 10 milhões em sites de aposta. Outro clube citado na reportagem foi o Confiança de Sapé.

Com isso, a presidente da Federação Paraibana de Futebol, Michelle Ramalho, se pronunciou sobre o caso e isentou o Confiança de Sapé de culpa.

— Antes das denúncias serem exibidas no programa global, a diretoria do Confiança de Sapé já havia comunicado à Federação Paraibana de Futebol sobre o uso indevido do seu nome por pessoas alheias. Além do mais, seu presidente já foi ouvido na FPF e explicou todo o ocorrido, se isentando de qualquer irregularidade. Não vemos razões para punir o clube, pois temos a certeza que não procedem as acusações, até mesmo porque não realizou nenhuma partida sem nosso conhecimento. Tentaram usar o nome do Confiança — disse Michele Ramalho ao Blog do Marcos Lima.

No caso do Rubro-Negro de Sapé, o presidente do clube, Wilson Nascimento, declarou ao repórter Iago Sarinho, do Jornal A União, que não assinou nenhum documento, sendo assim, que o papel divulgado pela reportagem do Fantástico teria uma assinatura falsa.

— Nem eu ou o clube fomos procurados por ninguém para marcar essa partida. O que está ocorrendo é que estão utilizando a minha assinatura digital e o nome do clube para realizar um ato ilícito e nós agora faremos de tudo para averiguar essa situação e punir os culpados que estão tentando nos envolver nesse esquema criminoso — afirmou o mandatário.

Apesar disso, Michelle não poupou críticas ao outro time paraibano citado na reportagem, e afirmou ter denunciado o Serrano ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

— Denunciei o caso também ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva e determinei a instauração de inquérito administrativo na Federação Paraibana de Futebol para apurar o caso — explicou a presidente.

Ela também lembrou que o advogado do Serrano confessou ao Fantástico que o jogo aconteceu, mas que a sua equipe não se deslocou até o Paraná.

— Temos que apurar a verdade dos fatos para tomarmos a decisão correta mas, pelo que vi no Fantástico, tratam-se de denúncias gravíssimas. Na Internet diz que houve jogo, e o advogado, no Programa Fantástico, confirmou o jogo — lembrou Michelle.

O Voz da Torcida entrou em contato com um jogador do Andraus Brasil, que preferiu não se identificar, que informou à reportagem que a partida não aconteceu. O caso segue sendo investigado pela Polícia Federal. Se confirmada a irregularidade e participação do Lobo da Serra no esquema, a punição ao time pode ser de advertência, suspensão ou até desfiliação da Federação.


Equipe @Vozdatorcida

error0
Tweet 20
fb-share-icon20
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com