Médico Ítalo Kumamoto afirma que pelo exame de imagem o prefeito de Cajazeiras está com Covid-19



O médico Ítalo Kumamoto do Hospital Memorial São Francisco, em João Pessoa, que estava a frente do atendimento ao prefeito de Cajazeiras, José Aldemir, logo após ele ser transferido para a capital, na última sexta-feira (12), afirmou que pelo quadro clínico, o político está com o coronavírus. De acordo com o médico a tomografia mostrou que os pulmões do Zé Aldemir estavam de 20 a 25% comprometidos.

Em entrevista ao programa Olho Vivo da TV Diário do Sertão, desta segunda-feira (15), Ítalo Kumamoto, detalhou o atendimento realizado desde a chegada do prefeito no unidade hospitalar, que de acordo com ele estava previsto para chegar em João Pessoa, na quinta-feira (11), porém o avião que iria levar político de Sousa para a Capital estava sem combustível, e teve de ser comprado na cidade de Juazeiro do Norte, estado do Ceará.

Na sexta-feira (12), logo que José Aldemir chegou ao Memorial São Francisco foi realizada uma tomografia que mostrou que os pulmões dele estavam de 20 a 25% comprometidos pela doença. “Como critério de avaliação foi feito uma tomografia computadorizada que é muito mais sensível e muito mais importante, muitas vezes, que o exame de laboratório, que pode ser falho, não for feito na hora certa, de forma precoce ou muito tardio”, explicou Kumamoto.

Ítalo Kumamoto, que estava em contato com a médica plantonista dra. Giovana Bronzeado, disse que como José Aldemir não estava com o quadro grave, então seria melhor ele ir para casa e continuar o tratamento. “Dr. Giovana achou melhor ele ficar no hospital, pois Aldemir estava um pouca abatido e precisava se hidratar, concordei com médica e o prefeito foi encaminhado para um leito de UTI respiratório”, afirmou.

O Memorial São Francisco tem apenas cinco leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) disponível para internação de pacientes infectados e com suspeita da doença. “Acredito eu que ao chegar na UTI, o prefeito viu que iria ficar em um ambiente coletivo, e a Dr. Paula também acredito eu não não deve ter gostado, pediu para ver a tomografia do marido, já que é radiologista, discordou do diagnóstico dado pelo hospital e disse que iria levar José Aldemir para casa”, pontuou o médico.

Diário do Sertão

Imagem Redes Sociais