Médica Oncologista com especialização no sirio libanes em São Paulo começará a atender este mês em Patos



A oncologia é a área da medicina que estuda, avalia, diagnostica e trata todos os tipos de cânceres e suas alterações em nosso corpo. Por isso, é preciso que o profissional médico deva estar em constante evolução para buscar novas formas de tratamento e técnicas, visando cada vez mais a qualidade de vida e o bem-estar das pessoas com diagnóstico oncológico.

Para a médica oncologista, Mariana Cartaxo Alves, que foi entrevistada, ontem (11), pelos jornalistas Misael Nóbrega e Genival Junior, apresentadores do programa Notícias da Manhã, da rádio Espinharas FM de Patos, 97.9, o câncer é uma doença complexa e heterogênea, e receber o cuidado adequado, desde o início, influencia diretamente no resultado do tratamento. “O diagnóstico de câncer causa receio e incertezas, mas o diagnóstico precoce pode mudar a história natural da doença e aumentar as chances de cura”, alertou.

Mariana Cartaxo, ao ser questionada pelos entrevistadores sobre prevenção, elencou alguns cuidados que devem ser tomados. Segundo a médica, a prevenção ainda é a melhor arma contra o câncer. “Uma dieta equilibrada é importante, pois a obesidade é fator de risco, assim como atividades físicas, diminuir ingestão de carne vermelha, evitar tabagismo, evitar ao máximo bebidas alcoólicas, uso constante de filtro solar e a realização de exames de rastreamento”, detalhou

Quando o assunto foi sobre pandemia do novo coronavirus a médica Mariana Cartaxo disse que, infelizmente, houve um aumento do número dos pacientes que deixaram de investigar os sintomas, com medo da covid-19. Para ela, essa atitude pode trazer prejuízos maiores e até irreversíveis. “Sabemos que o paciente com câncer é do grupo de risco para o novo coronavirus, e que deve tomar todas as precauções quanto ao contágio, mas, ao mesmo tempo, ele não pode parar de fazer o tratamento o que pode tornar tudo mais prejudicial”, afirmou a médica.

Perguntada sobre o avanço no tratamento da doença aqui no Brasil, ela respondeu que o câncer vem se tornando uma doença crônica, e que hoje já se consegue fazer com que os pacientes vivam com menos sintomas e mais qualidade de vida. “A gente vem avançando na oncologia, numa velocidade muito rápida, sabemos que tem a quimioterapia, que é mais tradicional (…) Mas existe ainda imunoterapia, que estimula as células de defesa no combate ao tumor, as terapias-alvo, também (…) mas, tudo vai depender do tratamento, do perfil do paciente, qual o câncer, pra gente poder fazer essa definição”, finalizou.

A médica, Mariana Cartaxo Alves, especializou-se em São Paulo nos serviços do IBCC (oncologia) e oncogenética no hospital Sírio Libanês. Ela está retornando à paraíba, e, hoje é oncologista do hospital Nossa Senhora das Neves em João Pessoa e professora do Unipê, ainda mantendo vínculo com o Sírio Libanês, onde é doutoranda. Dra. Mariana Cartaxo vai atender, de forma presencial, uma vez por mês aqui em Patos, na policlínica, a partir do dia 28 deste mês.

Assessoria




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.