Maternidade Peregrino Filho voltará a ser gerida pelo estado no mês de janeiro



A gestão da Maternidade Peregrino Filho voltará ao controle do governo do estado no mês de janeiro, segundo informações apuradas pelo Patosonline.com, junto 6ª Gerência Regional de Saúde de Patos.

A medida faz parte do calendário anunciado na última segunda-feira, 23, pelo governador João Azevêdo, que comunicou oficialmente o encerramento dos contratos entre o Governo da Paraíba e as organizações sociais, na gestão dos hospitais do estado.

Com o fim dos contratos, os funcionários codificados que atualmente prestam serviço na Maternidade Peregrino Filho deverão passar por nova avaliação curricular, visando uma posterior absorção no quadro funcional.

Além da Maternidade, a medida também vai atingir o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduy Carneiro, que voltará a ser gerido pelo governo da Paraíba a partir do mês de fevereiro.

Atualmente, as duas casas de saúde são administradas pela Santa Casa de Birigui, que assumiu a gestão em lugar da empresa Gerir, responsável pela gestão na época do estão governador Ricardo Coutinho.

Patosonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.