Matemático da cidade de Patos aponta isolamento social como forma eficaz de reduzir curva da pandemia do coronavírus. Ouça



O professor de matemática do Colégio Fera Patos, João Henrique Candeia, falou para o programa espinharas Notícias desta terça-feira, dia 26 de maio, e na oportunidade conversou com o repórter Airton Alves, que indagou sobre a questão dos números do Covid-19, sobretudo nas últimas duas semanas onde tem sido constatado aumento significativo.

João Henrique, que tem pós graduação em cálculo matemático, comentou os dados dessa última segunda-feira (25), quando a cidade de Patos estava com 479 casos confirmados da doença.

Ele disse que a quantidade real de pessoas infectadas pode ser bem maior do que os números oficiais. Aproveitando o ensejo, João explicou que entre o número geral de pessoas infectadas também estão aqueles pacientes recuperados e que foram a óbito.

Ainda nesse contexto, o matemático frisou que os cálculos mostram que o isolamento social é importante para minimizar o avanço do coronavírus, que segundo ele, está no pico da pandemia na cidade de Patos.

Ele também comentou sobre o comportamento das pessoas, que segundo observou, deve ser revisto, tendo em vista que os números do Ministério da Saúde apontam diminuição dos casos quando em situação de feriados ou nos finais de semana. Ou seja, o isolamento social costuma diminuir a curva gráfica da pandemia.

E defendeu um conceito próprio de educação, onde as pessoas possam usar a consciência de tomar as medidas que são de fato eficazes para conter o avanço do Covid-109.

Confira mais detalhes no áudio que segue abaixo:

João Henrique Candeia

Matéria por Patosonline.com

Áudio – Airton Alves (Rádio Espinharas)