Maranhão inicia contatos para acelerar publicação do acórdão



O senador José Maranhão (PMDB), junto com os seus advogados, iniciou na manhã desta sexta-feira (21) os entendimentos com o Tribunal Superior Eleitoral visando acelerar a publicação do acórdão sobre a histórica decisão do TSE mantendo a cassação do governador Cássio Cunha Lima (PSDB) pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba.


 


Em entrevista que concedeu por telefone às 8h20 horas desta sexta-feira (21) ao programa CORREIO da Manhã, da CORREIO Sat, o senador Maranhão quando foi perguntado quando viria à Paraíba, revelou que estava saindo para manter contatos no TSE visando a publicação do acórdão para que possa assumir o Governo do Estado em substituição a Cássio Cunha Lima.


 


Formação de equipe


O senador José Maranhão disse que os critérios que vão determinar a escolha dos seus auxiliares mais imediatos terão que ser estabelecidos com serenidade e muita humildade. Revelou que já está trabalhando na definição de nomes, mas não chegou a citar nenhum deles.


 


 


Senado


Quanto a relação de seu Governo com os senadores Efraim Morais e Cícero Lucena ele disse que não haverá problemas, até porque mantém uma relação pessoal muito boa com os dois.


 


Perseguição


O senador José Maranhão tranqüilizou os funcionários públicos afirmando que, na sua gestão, não permitirá perseguições ou discriminação de qualquer natureza, sobretudo político-partidária.


Ele disse que, pelo contrário, precisa contar com o apoio essencial dos servidores públicos, para que a máquina administrativa funcione de forma satisfatória.


 


“Não é fácil assumir um Governo especialmente em circunstâncias excepcionais como esta”. Principalmente, acrescentou, numa situação em que o Estado está sem a menor credibilidade.


 


Para o senador Maranhão “é preciso que haja um esforço no sentido de somar forças para que a Paraíba possa superar as dificuldades em que se encontra”.


 


Wellington Farias/Correio da Paraíba