Mananciais que abastecem Patos tem recarga significativa. Confira os números;



Informações atualizadas pela Agência Executiva de Gestão das águas da Paraíba-AESA, e da da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba-CAGEPA, apontam para uma recuperação significativa dos mananciais que abastecem Patos, devido às chuvas que vem ocorrendo na região.

De acordo com os dados repassados a nossa produção pelo técnico João Batista, da Empaer, alguns mananciais permanecem sangrando, como é o caso da Barragem da Farinha e do Açude do Jatobá, enquanto os demais seguem tomando uma recarga importante para atravessar o restante do ano.

O Açude de Coremas, maior manancial do estado, tem capacidade para mais de 744 milhões de metros cúbicos e registrou nesta sexta-feira, 24, um volume de 334.721.466 de m³, o que corresponde a 44,98% de sua capacidade total.

Já Barragem Mãe d’Água, que comporta mais de 545 milhões de metros cúbicos, chegou a 222.709.350 m³ d’água, o que representa 40,86% de seu volume total.

Ainda segundo a AESA e a CAGEPA, a Barragem de Capoeira chegou a 33.736.910 m³ e alcançou 63,12% de seu volume máximo de 53.450.000 metros cúbicos.

A Barragem da Farinha tem capacidade máxima para 25.738.000 m³ e está sangrando atualmente com um acréscimo superior a 6% em seu volume total, chegando a 27.366.490 de m³.

O Açude do Jatobá, que sangrou nesta quinta-feira, 23, comporta 17.516.000 de metros cúbicos e registra uma sangria de 1,95% acima de sua capacidade máxima, representando um volume de 17.856.950 metros cúbicos d’água.

Por Genival Junior – Patosonline.com