Locais

Major Galvão, do Corpo de Bombeiros de Patos, comenta São João sem fogueira e fogos de artifício e pede consciência da população; ouça

O major Galvão, do 3º Batalhão de Bombeiros Militar da Paraíba, fez considerações sobre o atual momento que a Paraíba está vivenciando. Em um áudio, ele reforçou a importância de evitar fogos de artifício e aglomerações, e pediu a colaboração da população para colaborar com os cuidados contra a pandemia.

Galvão explicou que as medidas adotadas nesse período de São João é para evitar o crescimento de casos nos próximos dias. Ele pediu compreensão e respeito para com as famílias e aqueles que estão enfrentando essa doença no momento.

“Este ano nós teremos um São João diferente, assim como foi em 2020. Infelizmente não estamos ainda em condições de festejos, comemorações e encontros. Percebemos que em cada período festivo temos um aumento do número de casos de COVID-19 em nosso estado e em todo o Brasil. Nossa orientação é que todos fiquem em casa, mais uma vez, e que se Deus quiser teremos outros momentos para aproveitar o São João”,

Major Galvão relembrou ainda que há um decreto estadual e também um municipal que regula esse tipo de atividade no estado e em Patos. Ele reforçou que o momento é de reflexão e cuidados, mas não é tempo de festejar.

“Temos também um decreto estadual que proíbe o acendimento de fogueiras e a soltura de fogos de artifícios parta evitar que a fumaça incomode ou prejudique a saúde de pessoas que estão internadas em hospitais ou em casa. Pedimos que a população tenha essa compreensão, evite aglomerações e evite acender fogueiras e soltar fogos, pois se Deus quiser, nos próximos anos teremos nossas festividades de São João e todas as festas tradicionais da nossa região, como estamos acostumados. Mas o momento ainda não é de comemoração e nem de aglomeração”, finalizou Major Galvão.

Patosonline.com

Foto: Leonardo Silva/Jornal da Paraíba

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo