Mais uma vez, Hospital Regional de Patos está fora do Programa Opera Paraíba



A Secretaria de Estado da Saúde (SES) desenvolveu o programa Opera Paraíba. O objetivo é zerar o número de espera de pacientes que aguardam ansiosamente para realizar cirurgias eletivas. Desde outubro de 2019, quando foi lançado o credenciamento das unidades hospitalares, se aguardava a inclusão de mais hospitais, pois a demanda exigia tal medida.

Em Pombal, após não existir credenciamento do hospital local no Opera Paraíba, a Deputada Estadual Poliana Dutra (PSB) exigiu que se acrescentasse a unidade na cidade de Pombal e o Governo do Estado atendeu à solicitação da parlamentar.

Em Patos, mais uma vez, o Hospital Regional de Patos ficou fora apesar dos apelos de que a unidade fosse inserida, pois existem inúmeros pacientes que esperam por cirurgias eletivas. Nesta quarta-feira, dia 12, a Secretaria de Estado da Saúde incluiu o Hospital Universitário Nova Esperança, em João Pessoa, para também realizar cirurgias eletivas dentro do Programa Opera Paraíba.

Com dois deputados estaduais eleitos majoritariamente pelos votos da cidade de Patos, os deputados Nabor Wanderley (PRB) e Dr. Érico Djan (Solidariedade) não tem conseguido respaldo para que o Hospital Regional de Patos seja incluído no Opera Paraíba. Esse fato tem gerado revolta entre os pacientes que esperam por cirurgias eletivas, porém, devem se deslocar para cidades vizinhas onde os hospitais foram credenciados.


Jozivan Antero – Patosonline.com