Esportes

Lewandowski é eleito o melhor do mundo

O favoritismo foi confirmado, e Robert Lewandowski é o primeiro polonês a ganhar o prêmio de melhor jogador do mundo pela Fifa. A decisão foi anunciada em cerimônia nesta quinta-feira (17), com o atacante superando Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, que eram os outros finalistas e são os recordistas, com seis e cinco taças cada, respectivamente.

O camisa 9 do liderou o Bayern de Munique na tríplice coroa (conquistas da Uefa Champions LeagueBundesliga e Copa da Alemanha), sendo o artilheiro das três competições. Na atual temporada, ele faturou também a Supercopa da Uefa e Supercopa da Alemanha.

O jogador de 32 anos já tinha sido eleito o melhor jogador da Europa pela Uefa e fechou o período incluído na avaliação (entre 20 de julho de 2019 e 7 de outubro de 2020) com impressionantes 64 gols e 14 assistências em 58 jogos por clube e seleção.

Além de colocar a Polônia de forma inédita no topo da premiação, Lewandowski é também o primeiro jogador de um clube alemão a conseguir a honraria.

Desde 2014 no Bayern, o centroavante sempre foi peça fundamental no clube que mantém uma hegemonia no futebol nacional, mas nunca esteve entre os finalistas do The Best, algo que acontece em um momento em que vive o auge, tanto no aspecto coletivo quanto individual.

Seleção ideal (feminina)

  • Goleira: Christiane Endler (PSG)
  • Defesa: Lucy Bronze (Lyon/Manchester City), Wendie Renard (Lyon) e Millie Bright (Chelsea)
  • Meio de campo: Tobin Heath (Portland Thorns/Manchester United), Veronica Boquete (Utah Royals/Milan), Barbara Bonansea (Juventus) e Megan Rapinoe (OL Reign)
  • Ataque: Delphine Cascarino (Lyon), Vivianne Miedema (Arsenal) e Pernille Harder (Wolfsburg/Chelsea)

Seleção ideal (masculina)

  • Goleiro: Alisson (Liverpool)
  • Defesa: Alexander-Arnold (Liverpool), Virgil Van Dijk (Liverpool), Sergio Ramos (Real Madrid) e Alphonso Davies (Bayern de Munique)
  • Meio de campo: Joshua Kimmich (Bayern de Munique), Kevin de Bruyne (Manchester City) e Thiago (Bayern de Munique/Liverpool)
  • Ataque: Messi (Barcelona), Lewandowski (Bayern de Munique) e Cristiano Ronaldo (Juventus)

Prêmios Individuais

Prêmio da Fundação: Marcus Rashford (Manchester United), pela luta contra a fome infantil na Inglaterra

Prêmio Fair Play: Mattia Agnese (quando estava atuando pelo Ospedaletti, ele salvou a vida de um adversário que ficou inconsciente após um choque de cabeça)

Prêmio da Torcida: Marivaldo Francisco da Silva (o torcedor do Sport que caminha 60km para ir ver jogos do seu time em casa)

Prêmio Puskas: Son Heung-min (Tottenham)

Melhor goleira: Sarah Bouhaddi (Lyon)

Melhor goleiro: Manuel Neuer (Bayern de Munique)

Melhor técnica: Sarina Wiegman (Holanda)

Melhor técnico: Jurgen Klopp (Bayern de Munique)

Melhor jogadora: Lucy Bronze (Lyon/Manchester City)

Melhor jogador: Robert Lewandowski (Bayern de Munique)


ESPN.com.br

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close