Politica

Lenildo Morais diz que povo de Patos segue refém de grupo político

O ex-prefeito aproveitou para afirmar que vários problemas continuam ocorrendo por toda a cidade

ÓTICAS GUIMARÃES

Em entrevista ao programa ‘O X da Questão’, da rádio Universidade, o ex-prefeito de Patos, Lenildo Morais (PT), fez uma breve avaliação da gestão de Nabor Wanderley em Patos, na manhã desse sábado (22). Segundo Lenildo, até o momento, Nabor não fez nada do que prometeu durante a campanha eleitoral e não mostrou trabalho nesses cinco meses de administração.

O ex-prefeito aproveitou para afirmar que vários problemas continuam ocorrendo por toda a cidade, a exemplo de falta de iluminação, animais soltos, entre outros citados por ele. Lenildo ressaltou ainda que o povo de Patos foi vítima de mais um golpe eleitoral.

“Eu tenho muita tranquilidade de falar, até porque o atual prefeito está com cinco meses de gestão, e já poderia ter mostrado a que veio. Então eu acho que a população de Patos está sendo vítima de mais uma fraude eleitoral. A cidade tem um governo que não disse a que veio ainda, as promessas não foram cumpridas. Você vê aí o vereador Zé Gonçalves quase que todos os dias denunciando os desmantelos que ocorrem na área de infraestrutura, o desmantelo que ocorre na área de iluminação pública, você vê que os animais continuam nas ruas, não se tem nem uma política com estratégia para tirar animais das ruas, não há valorização dos servidores públicos, que são efetivamente os que dão apoio para que a máquina pública siga funcionando. Ou seja, é um governo que não mostrou a que veio”, falou o ex-prefeito.

Ainda segundo Lenildo, o povo de Patos segue refém de um grupo político, que se utiliza da prefeitura para eleger candidatos e para lutar por seus próprios interesses. Ele denunciou que Nabor está se aliando ao grupo de Bolsonaro.

“Patos continua refém de um grupo político que está se preparando, saiu de uma eleição, o projeto agora é reeleger um deputado federal daqui a dois anos, e um estadual, às custas do dinheiro da máquina pública. É isso que está acontecendo, vão lançar um candidato a deputado estadual do grupo, e já tem um federal ligado a Bolsonaro, ter um deputado federal, mas que não representa os anseios da população. Não tenho nada pessoa, mas se aliar a um governo negacionista e genocida como o de Bolsonaro, creio que Patos não merece essa situação”, disse Lenildo.

Patosonline.com

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios