Lenildo Morais diz que entrou na disputa para prefeito de Patos para continuar ações iniciadas como interino. Ouça



O pré candidato a prefeito de Patos na eleição deste ano de 2020, Lenildo Morais, falou para o radialista Luis Carlos, da Rádio Espinharas de Patos, na última quinta-feira, dia 27 de agosto, e na oportunidade colocou para os ouvintes suas razões para novamente entrar na disputa pelo poder executivo.

Lenildo também contou sobre o período que passou fora da cidade de Patos, trabalhando na EMBRAPA, ou assumindo cargos públicos na presidência da república e em outras instituições. Na Paraíba, Lenildo atuou como superintendente do INCRA, e secretário estadual de agricultura familiar. Foi vice prefeito de Patos, e assumiu interinamente a Prefeitura por quatro meses.

Ele argumentou que além de ser filho de Patos, quer ser prefeito eleito da cidade para dar continuidade às ações que iniciou quando esteve atuando como prefeito interino de Patos, no final de 2016.

“Eu abri a UPA do Campo da Liga, quero abrir a UPA do Jatobá, mas não só a UPA do Jatobá, eu quero concluir todas as obras inacabadas da nossa cidade, que hoje estão em torno de quarenta a cinquenta obras inacabadas. Algumas até começaram a dar continuidade, mas quero concluí-las”, enfatizou.

Também externou que, caso seja eleito, quer retornar o serviço de transporte público para a cidade de Patos, e ainda estabelecer uma ligação amistosa com a câmara de vereadores, servidores públicos municipais, dentre outras demandas apontadas.

O pré candidato também tocou na questão da saúde e do desemprego, dizendo que vai buscar formas de viabilizar todas essas questões.

Para acrescentar, Lenildo Morais falou sobre incentivo e investimentos, micro-crédito, e melhorias para algumas categorias de trabalhadores, como taxistas e mototaxistas.

Ouça mais detalhes no áudio que segue.

Matéria por Patosonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.