Lenildo diz que Ramonilson Alves se acovardou em não dar o nome a empresário que teria feito proposta em troca de cargos em uma futura gestão



O pré-candidato a prefeito de Patos pelo Partido dos Trabalhadores, Lenildo Morais, fez duras críticas ao juiz Ramonilson Alves (Patriota), após este o juiz afirmar que teria recebido uma oferta no valor de R$ 500 mil reais, em troca de indicação do seu candidato a vice por um suposto empresário da cidade.

Lenildo disse ver a declaração com muita preocupação, uma vez que o juiz Ramonilson Alves deveria ter citado o nome do empresário que teria feito a proposta e ao mesmo tempo procurado a Polícia Federal e as demais autoridades competentes para tomar as providências necessárias em relação ao caso.

“Vejo com muita preocupação por que ele na qualidade de juiz, quando estivesse com a caneta na mão, poderia ter dado voz de prisão pra alguém que tomasse essa decisão. Ele se acovardou, não teve coragem de dizer quem é”, afirmou Lenildo Morais.

O petista considerou a declaração como bastante grave e acrescentou que a identificação do empresário que supostamente estaria buscando a indicação, ajudaria a manter a lisura do processo político na cidade de Patos.

O juiz Ramonilson por sua vez, afirmou que essa é apenas a opinião do pré-candidato do PT, e que não pretende entrar em debate miúde, em respeito ao povo de Patos.

Por Genival Junior – Patosonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.