Justiça institui Comissão de Preparação de Urnas para as eleições na Paraíba



O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) designou, para integrarem a Comissão de Preparação de Urnas das Eleições de 2020, o juiz membro Márcio Maranhão Brasilino da Silva, na condição de Presidente, e os juízes eleitorais Cláudia Evangelina Chianca Ferreira de Franca (1ª Zona Eleitoral – João Pessoa), Fábio Leandro de Alencar Cunha (64ª Zona Eleitoral – João Pessoa), José Geraldo Pontes (70ª Zona Eleitoral – João Pessoa), Adhailton Lacet Correia Porto (76ª Zona Eleitoral – João Pessoa), Geraldo Emílio Porto (77ª Zona Eleitoral – João Pessoa), Alexandre José Gonçalves Trinetto (16ª Zona Eleitoral – Campina Grande), Bartolomeu Correia Lima Filho (17ª Zona Eleitoral– Campina Grande), Leonardo Sousa de Paiva Oliveira (72ª Zona Eleitoral – Campina Grande), Anna Maria do Socorro Hilário Lacerda (28ª Zona Eleitoral – Patos), Bruno Medrado dos Santos (65ª Zona Eleitoral – Patos), José Emanuel da Silva e Sousa (31ª Zona Eleitoral – Pombal), Dayse Maria Pinheiro Mota (68ª Zona Eleitoral – Cajazeiras), além dos servidores Adaílton Ventura da Silva, Aírton Alves de Medeiros Júnior, Anderson Kleiner Ramos Correia Gomes, Anna Paula Mendes Moraes, César Braga Maidana, Danúsio Batista Martins Barbosa, Diógenes Antônio Tavares Paiva, Ernandez Domingos dos Santos, Francisco Alves de Oliveira Júnior, Gabriela Almeida Garcia, George Bezerra Cavalcanti Leite, Gilvan Guedes de Moura Júnior, Hanniery de Souza Freire, Jean dos Santos Diniz, Jeremias Lacerda dos Santos, José Paulo da Silva, Laurício Paz Ferreira de Lima, Lúcio Esmeraldo Guimarães, Nilo de Assis Pereira Melo Neto, Nivaldo Vidal de Almeida, Patrícia Soares Lemos, Tonevanio Santos Peixoto e Wescley Paoli Alcântara de Sousa.

Essa comissão é designada, por força de resolução, que prevê que a supervisão dos trabalhos relativos à preparação das urnas, em cada um dos Núcleos de Voto Informatizado (NVIs) de João Pessoa, Campina Grande, Patos e Cajazeiras caberá a um dos Juízes das Zonas Eleitorais localizadas no município sede de cada NVI, conforme deliberado entre eles, admitido o sistema de rodízio durante o período de realização dos trabalhos, e, no caso de Pombal e Cajazeiras, aos Juízes Eleitorais das 31ª e 68ª Zonas, respectivamente.

Esses trabalhos serão realizados na presença dos representantes do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil, dos fiscais dos partidos políticos e das Coligações que comparecerem.

MaisPB

Foto – Arquivos