Justiça Federal na Paraíba realiza mais de 100 audiências de conciliação por WhatsApp



A Justiça Federal na Paraíba (JFPB) realizou, do início da quarentena até agora, mais de 100 audiências de conciliação por meio de chamadas de vídeo no aplicativo de mensagens WhatsApp. A iniciativa inovadora foi colocada em prática como alternativa de promover as sessões conciliatórias mesmo no período de isolamento social, possibilitando que as partes envolvidas nos processos possam participar das tentativas de acordo sem a necessidade de sair de casa. A JFPB registrou, até a centésima audiência, 76% de êxito nas conciliações e segue com o cronograma de trabalho nesta semana, com cerca de 40 agendamentos.

De acordo com a coordenadora do Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos e Cidadania (Cejusc) do órgão, a juíza federal Adriana Nóbrega, o projeto obtém resultado satisfatório em virtude do empenho, da dedicação e do carinho com que ele foi abraçado pelos servidores e conciliadores. “Certamente, o engajamento de todo o grupo Cejusc, o planejamento cuidadoso da estratégia e a articulação com os atores envolvidos são os fatores de sucesso dessa prática tão gratificante e de impacto comunitário significativo”, declarou.

As partes beneficiadas, geralmente, são cidadãos que requerem na Justiça Federal a concessão ou restabelecimento de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez, assim como o amparo assistencial destinado ao idoso ou deficiente. Segundo o supervisor do Cejusc em João Pessoa, Marconi Araújo, também estão previstas, para os próximos dias, conciliações envolvendo os conselhos regionais de categoria profissional e a Caixa Econômica Federal, incluindo processos relacionados a Subseções Judiciárias do interior do estado. ”A ideia é ampliar de forma gradativa e planejada a participação das instituições envolvidas, a fim de possibilitar a obtenção de resultados cada vez mais satisfatórios, beneficiando todos os jurisdicionados”, acentuou.

Qualquer pessoa interessada na realização de uma audiência virtual pelo WhatsApp, para os casos citados, pode fazer a solicitação diretamente no site da JFPB. Um banner do “Concilia Net” foi disponibilizado, na lateral direita da página principal, contendo o formulário a ser preenchido.

Para obter mais informações ou solicitar audiência CLIQUE AQUI.

Assessoria