Justiça Eleitoral nega pedido do pré-candidato Dr. Ramonilson Alves contra o jornalista Ulisses Neto, em Patos



O pré-candidato a prefeito de Patos, Dr. Ramonilson Alves (Patriota), entrou com pedido junto da Justiça Eleitoral contra o jornalista Ulisses Neto, pedindo retirada de matéria jornalística que havia sido compartilhada por ele através do site Polêmica Paraíba.

Dr. Ramonilson Alegou que a matéria constituía propaganda eleitoral negativa da sua pré-candidatura e visava macular a honra do mesmo e em desfavor do seu desempenho eleitoral.

Na matéria em questão, o pré-candidato é mostrado em visitas em bairros de Patos, o seu motorista particular supostamente oferece bebida alcoólica para cidadãos que faz menção ao número do partido ao qual está filiado Dr. Ramonilson e também aponta como provável campanha antecipada as ações do pré-candidato.

O site Polêmica Paraíba é do jornalista Gutemberg Cardoso, da capital paraibana. Ulisses Neto apenas compartilhou o conteúdo do colega jornalista, porém, Dr. Ramonilson Alves moveu ação contra Ulisses Neto.

Na decisão, a Dra. Anna Maria do Socorro Hilário Lacerda, Juíza Eleitoral da 28º Zona Eleitoral, indeferiu o pedido do Dr. Ramonilson Alves feito através do advogado Dr. Phellipe Palmeira, que pedia pagamento de multa de R$ 5.000,00 e retirada do site do ar até o fim das eleições ou enquanto Ulisses Neto permanecer como coordenador de comunicação na Prefeitura Municipal de Patos.


Jozivan Antero – Patosonline.com






Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.