Justiça determina recontagem de votos da eleição para conselho tutelar do Município de Patos



O advogado Dr. Maikon Minervino fez participação no Programa Polêmica na noite desta terça-feira, dia 17, para informar que a 4ª Vara Mista de Patos, através do juiz Dr. Ramonilson Alves, atendeu em caráter de liminar à ação que pede a preservação de toda documentação envolvendo o processo de eleição para Conselho Tutelar do Município de Patos.

A ação judicial foi movida por vários candidatos a conselheiros tutelares que se sentiram prejudicados diante do processo eleitoral que ocorreu no dia 06 de outubro de 2019. Com a decisão do magistrado, haverá também recontagem dos votos.

Dr. Maikon Minervino reafirmou que o pedido se deu diante da negativa de entrega de documentos por parte do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). A solicitação foi feita no dia 09 de outubro, mas não foi atendida e então se gerou a necessidade de ação judicial para garantir os direitos dos que se sentiram prejudicados.   

De acordo com informações, caso sejam encontradas irregularidades ou divergências, um novo pedido poderá ser impetrado na justiça para que aconteça novas eleições. Em contato com um candidato, que pediu para não ser identificado, a eleição no formato que aconteceu prejudicou a todos, pois não existiram urnas eletrônicas, a eleição foi concentrada apenas em um local e dezenas de pessoas desistiram de votar por filas e demora no pleito.


Jozivan Antero – Patosonline.com


error0
Tweet 20
fb-share-icon20
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com