Juiz reconsidera e Nabor Wanderley tem contas aprovadas



O prefeito de Patos, Nabor Wanderley, foi inocentado pelo Juiz Ramonilson Alves Gomes, na manhã desta sexta-feira, 05 de outubro.

Junto ao pedido de reconsideração feito ao Juiz Dr. Ramonilson Alves Gomes, Nabor Wanderley anexou documentos que comprovam a sua inocência. Em sua decisão Dr. Ramonilson Alves Gomes expressou que há “uma provisoreidade quanto à decisão, pelo TCE-PB, das contas do município de Patos, relativas ao exercício de 2006, a solução mais prudente, em nossa compreensão, é suspender os efeitos da decisão de fls. 55/56 até definitivo julgamento pelo órgão primário competente – o E. TCE-PB.

Com isso, fica sem efeito a decisão tomada na manhã de ontem, que tornava indisponíveis os bens de (Nabor Wanderley da Nóbrega Filho, Filogônio Araújo de Oliveira e Instituto de Desenvolvimento Socioeconômico, Científico, Ambiental e Tecnológico – INTERSET).

O prefeito de Patos expressou contentamento com a seriedade do Poder Judiciário. “Sempre confie na justiça dos homens, mas principalmente na de Deus. As contas de 2007 foram aprovadas e as de 2006, que possuem o mesmo objeto, já estão com parecer do relator favorável a aprovação, portanto, o juiz acatou nosso pedido de reconsideração e fico muito feliz em poder ver meu nome limpo”, desabafou.

Assessoria