Jozivan Antero não foi eleito pela falta de 852 votos ao seu partido



Responsável por ter recebido expressiva votação em duas eleições consecutivas, o jornalista Jozivan Antero deixou escapar o mandato de vereador nas eleições municipais de 2020 pela falta de 852 votos ao seu partido.

Jozivan foi candidato a vereador pelo Unidade Popular-UP, habendo sido o mais votado da legenda com 754 votos recebidos nas eleições municipais deste ano. O seu partido alcançou a soma de 1.364 votos, sendo 1.350 votos nominais, incluindo os votos de Jozivan, e outros 14 votos de legenda.

Para Jozivan ser eleito, o Unidade Popular precisaria somar pelo menos 2.216 votos, quantitativo suficiente para superar os 2.215 votos de sobra conseguidos pelo Republicanos, e tomar a vaga do vereador Sales Junior, oitavo parlamentar eleito pela sobra nas eleições municipais deste ano.

O Unidade Popular apresentou um grupo pequeno com apenas sete candidatos em 2020. Em 2016, Jozivan vivenciou situação parecida quando foi candidato pelo PSOL, e teve 1.218 votos. Na época, o partido somou 1.476 votos com apenas 5 candidatos a vereador, e precisava alcançar 3.061 para garantir a vaga.

Por Genival Junior – Patosonline.com