Jovem tem casa invadida e é fuzilado a tiros de pistola 380



Uma Cena sangrenta foi registrada por volta das 19:45 na Rua Joaquim Anacleto no Bairro do Mutirão na Cidade de Sousa, tendo como vítima fatal, Márcio Gomes de Figueiredo, aproximadamente, 22 anos, morto com vários tiros de pistola 380, por dois elementos, que invadiram a sua Residência, praticaram o crime, depois fugiram numa Moto.

Saíram baleados: Alífe, que já teve passagem pelo CEA, e sua Esposa, por pré-nome, Maria Fernanda que se encontravam no momento no interior da Casa na companhia da vítima.

Os Indivíduos teriam invadido a Casa a busca do Alífe, mas como ele conseguiu se escondeu. Márcio como estava dormindo, possivelmente, foi confundido, e assassinado.

O SAMU esteve no local, fez o socorro das vítimas baleadas para o Hospital Regional de Sousa, enquanto que a Polícia Militar isolou a área, e permanece em diligências para prender os acusados.
De acordo com os primeiros levantamentos, o crime teria sido ocasionado por uma rixa antiga entre visinhos, inclusive o caso que envolver despacho de macumba.

No local do crime, além de muito sangue, foram encontradas várias capsulas de bala calibre 380 espalhadas pelo chão. A vítima, Márcio Gomes de Figueiredo foi morta dentro do seu quarto, quando dormia.
Os envolvidos estiveram presos semana passada na Delegacia de Sousa.

O Delegado plantonista vai investigar o assassinato que aconteceu na noite de hoje no Mutirão na Cidade de Sousa.

"vitima"


Veja vídeo, momentos depois do crime no Mutirão. Resgate das vítimas baleadas

 

 

 

Folha do Sertão