Jovem morre após ser atingida por disparo de revólver no peito. Marido é acusado, mas diz que tiro foi acidental



A jovem  Myllena Silva (14) foi morta na noite do último sábado (30), no bairro da Glória, zona Leste de Campina Grande.

Segundo a polícia, testemunhas afirmaram que um rapaz de 19 anos, marido da vítima, estava limpando um revólver, calibre 38, quando a arma disparou acidentalmente e atingiu o peito da jovem.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda foi chamado, mas a adolescente morreu no local.

A polícia acredita que foi um disparo acidental porque parentes da menina afirmaram que o marido tentou socorrê-la; apesar disso, ele está foragido.

Os dois estavam casados há apenas uma semana.

 Fernanda Moura, Correio da Paraíba