Jovem foi trabalhar em São Paulo e está sem comunicação com a família há 18 dias



A família do jovem Maurício Moura Clemente, de 26 anos, está ansiosa por informações que possam levar ao seu paradeiro no estado de São Paulo.

Segundo informações apuradas pelo Patosonline.com, Maurício viajou no mês de agosto, com destino as cidades de Santos, Guarujá e Praia Grande, no litoral paulista, e desde o dia 24 de setembro está sem nenhuma comunicação com os seus familiares.

Segundo relatos da vendedora Helena Clemente, que é irmã do jovem, a preocupação da família começou após chegar ao conhecimento de todos que havia ocorrido um assalto em uma localidade da cidade de Praia Grande-SP, onde supostamente Maurício se encontrava com outros vendedores da cidade de Patos.

As informações já obtidas até agora dão conta que Maurício viajou ao lado de outras seis pessoas, para comercializar calçados, cintos e bolsas, pertencentes e um empresário patoense conhecido por Sandro Regis, (Mago Sandro), e após a possível ocorrência deste fato, não houve mais nenhuma comunicação com os familiares.

Na última quinta-feira, 10 de outubro, Helena compareceu a Delegacia de Homicídios de Patos, pra registrar o Boletim de Ocorrência do suposto desaparecimento de Maurício, quando tomou conhecimento que um outro vendedor, identificado como Franciélio Mendonça Costa, 28 anos, também estava sem contato com os seus familiares residentes no bairro Santa Clara, em Patos.

O Patosonline apurou que Franciélio possivelmente estava na cidade de Praia Grande, local onde supostamente Maurício desapareceu.

A família de Maurício também tomou conhecimento que alguns vendedores que estavam no grupo formado por Sandro, já haviam retornado à cidade de Patos, fato que aumentou ainda mais a preocupação de todos.

Quem tiver informações que possam levar ao paradeiro de Maurício, pode entrar em contato com a família por meio do whatsapp: 999070680 e 986207760.

Patosonline.com

error0
Tweet 20
fb-share-icon20
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com