Jovem é morto a tiros próximo a delegacia em Bayeux



Um jovem, dono de uma oficina, em Bayeux, na região Metropolitana de João Pessoa foi assassinado com vários tiros, por uma dupla de motoqueiros.

Anderson Virgínio de Lima, 22 anos, foi morto próximo a delegacia da mulher. Quando estava fechando a oficina “Soart Fumê”, dois homens chegaram em uma moto e efetuaram os disparos.

Anderson era proprietário da ‘Soart’, empresa de revestimentos e adesivagens, que fica no bairro da Imaculada em Bayeux.

A família está inconformada com a morte do jovem, porque ele era um homem de bem, não tinha envolvimento com nada.

Mas a polícia suspeita que seja por causa de agiotagem, porque ele emprestava dinheiro a juros. 


PortalCorreio