Locais

Jovem afirma que Hospital de Patos não quis realizar troca de sonda em sua avó. Direção explica

ÓTICAS GUIMARÃES

Na noite deste domingo, 28 de novembro, a redação do Patosonline.com foi procurada pelo jovem Fabiano Araújo, denunciando que o Complexo Hospitalar Regional de Patos não quis realizar a troca de sonda em sua avó.

Segundo o jovem, há cerca de dois meses sua avó de 81 anos sofreu um AVC e ficou totalmente inapta de movimentos, fala e alimentação, sendo necessário o uso de uma sonda para se alimentar. Durante esses dois meses, a senhora teve três retornos para troca de sonda, porém os médicos do Hospital de Patos negam a troca alegando que na unidade hospitalar não tem a sonda.

Ainda de acordo com Fabiano, neste domingo (28), a sua avó teve mais um retorno médico e uma das enfermeiras informou que não seria possível fazer a troca, e a realização do procedimento só foi possível após a família levar um sonda por conta própria.

Em contato com a redação do Patosonline.com, o diretor clínico do Complexo Hospitalar, Dr. Pedro Augusto, explicou que os pacientes com sonda vesical ou sonda nasoenteral não eram para passar no hospital, a nasoenteral ainda passa devido a uma ponta metálica que exige um raio-x para verificar a posição, e que por não se tratar de urgência, o paciente tem que esperar a enfermeira atender os outros pacientes. Em relação a falta de sonda, ele ainda diz que o hospital disponibiliza o material para os pacientes internos que vão ficar internados na unidade, sendo prestado o serviço apenas para a troca.

Patosonline.com

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo