Josmá Oliveira dá entrada em novo pedido de nulidade para projeto de reajuste salarial do legislativo e executivo. Veja



Mesmo diante do indeferimento de uma ação popular movida para barrar a tramitação do projeto de Lei 174/2020, na Câmara Municipal de Patos, que visa o aumento de dos vencimentos de vereadores, prefeito e vice, e ainda dos secretários do município de Patos, o vereador eleito Josmá Oliveira (Patriota), confirmou nesta sexta-feira (11), que não vai desistir.

Josmá alega que sua obrigação como parlamentar eleito é defender o povo, e que por este motivo entrará com outra ação na próxima semana para recorrer da decisão.

Ele também informou que já acionou o Ministério Público da Paraíba e que após ser diplomado, entrará com outra ação, inclusive para denunciar crime de improbidade por vilipêndio ao artigo 78, da lei orgânica do município.

Para confirmar sua intenção, Josmá apresentou o documento onde o mesmo deu entrada nesta sexta-feira, dia 11, para reclamar ao Ministério Público da Paraíba, noticiando suposta nulidade do projeto de Lei número 174/2020.

Matéria por Patosonline.com