• Dra Milena
Locais

Jornalistas da Rádio Espinharas são atacados em redes sociais e AISP emite Nota de Repúdio em apoio aos profissionais. Veja

"Não iremos suportar calados ameaças a membros da imprensa e a própria liberdade de expressão", diz um trecho da Nota

ÓTICAS GUIMARÃES

Os jornalistas da Rádio Espinharas de Patos, Marcos Oliveira e Higo de Figueiredo foram atacados recentemente em rede social, onde foram classificados de catrevagens, hipócritas, rato de esgoto, dentre outros adjetivos pejorativos. Os ataque partiram de membros patoenses de uma corrente política.

Os dois jornalistas apresentam o jornal radiofônico Espinharas Notícias, no ar há vários anos, detentor de uma grande audiência e levado ao ar de segunda a sexta pela Rádio Espinharas FM, 97,9.

A linha do informativo é independente e livre e aberta a todos os assuntos com a participação dos ouvintes. Recentemente esses profissionais têm se mostrado preocupados com a manutenção da liberdade e vem defendendo direitos básicos dos cidadãos, como por exemplo, o direito de expressão e de escolha.

Veja abaixo a Nota de Repúdio divulgada pela AISP e alguns comentários que motivou a solidariedade aos profissionais da emissora de rádio da Diocese de Patos:

A AISP – Associação de Imprensa do Sertão Paraibano vem a público repudiar as agressões sofridas nesta última sexta-feira, 14 de janeiro de 2022, pelos jornalistas Marcos Oliveira e Higo de Figueiredo no exercício da profissão, quando apresentavam programa radiofônico, “Espinharas Notícias”, na Rádio Espinharas de Patos.

A liberdade de expressão é um direito constitucionalmente assegurado, principalmente aos profissionais de imprensa, em vista do relevante interesse social e do direito à informação.

Sem fazer juízo de valor acerca do que foi dito, mas defendendo o direito de os profissionais da imprensa de Patos se expressarem conforme o que entenderem ser o correto, a AISP presta total solidariedade aos seus associados e coloca a assessoria jurídica da entidade a disposição dos profissionais agredidos para que sejam adotadas as providências legais cabíveis ao caso.

Não iremos suportar calados ameaças a membros da imprensa e a própria liberdade de expressão, tal qual temos visto ocorrer Brasil afora sob instigação de políticos com víeis totalitário.

A Diretoria

Alguns ataques

Patosonline.com            


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo