Esportes

Jornalista e escritor Gustavo Roman morre aos 45 anos de Covid-19

O jornalista e escritor Gustavo Roman, de 45 anos, comentarista e narrador do DAZN no Brasil, morreu nesta quarta-feira (30), de Covid-19. Gustavo Roman morreu nos Estados Unidos e estava internado em tratamento da doença desde novembro.  

A morte do jornalista foi confirmada pela assessoria de comunicação da plataforma. “O DAZN lamenta profundamente a morte precoce de Gustavo Roman, com quem tivemos o prazer de contar como narrador e comentarista de eventos de tênis nos últimos meses. Nossos sentimentos estão com os familiares neste momento”, afirmou.  

Quadro clínico diário

Gustavo Roman durante o tratamento informava seu quadro clínico todos os dias. No início de dezembro o jornalista postou no twitter “Sigo em recuperação. Pelo menos o médico liberou que minha irmã trouxesse meu laptop e mais um livro para ler. Preciso só melhorar a respiração e os pulmões. Os médicos pensam que estou com uma pneumonia viral. E que é só questão de tempo para tudo isso passar. Sigo forte na briga.” 

Acervo invejável e escritor

Roman era historiador do futebol e dono de um acervo com mais de 16 mil jogos desde 1950 disponíveis. Além disso era escritor com cinco livros lançados, como os bastidores da Copa do Munda da Espanha “Sarriá 82: o que faltou ao futebol-arte?”, “No campo e na moral – Flamengo campeão brasileiro de 1987”, “150 curiosidades das Copas do Mundo” e “Raça, Amor e Paixão – Os Jogos Inesquecíveis do Flamengo”. 


Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo