Jogos Históricos da Paraíba: após atropelar o Atlético-PB, Nacional de Patos levou o Paraibano 2007



O ano de 2007 teve, sem dúvida, o Campeonato Paraibano mais sertanejo deste século. Patos e Cajazeiras dominaram essa edição do estadual, conquistando, cada, um turno. Depois disso, duas batalhas foram travadas para decidir quem ficaria com a taça de campeão da Paraíba: Nacional de Patos ou Atlético de Cajazeiras. Foi naquele ano que o Canário do Sertão cantou a sua mais bela canção, faturando uma inédita conquista, deixando o Estádio José Cavalcanti completamente preenchido de verde e branco. Este é o sétimo episódio da série Jogos Históricos da Paraíba, do GloboEsporte.com.

Nacional de Patos x Atlético-PB, final do Paraibano de 2007

Nacional de Patos x Atlético-PB, final do Paraibano de 2007

O Campeonato Paraibano de 2007

A edição 2007 do Campeonato Paraibano prometia. Afinal, havia três temporadas, a competição terminava com uma equipe de Campina Grande como campeã. Para o Sertão, a última conquista havia sido do Atlético de Cajazeiras, em 2002.

O estadual contou com 10 participantes: Atlético-PB, Auto Esporte, Botafogo-PB, Campinense, Desportiva Guarabira, Esporte de Patos, Nacional de Patos, Perilima, Sousa e Treze. O Paraibano começou no dia 21 de janeiro e chegou ao fim em 13 de maio.

O Estádio José Cavalcanti, em Patos, tem na história um título paraibano da 1ª divisão — Foto: Expedito Madruga / GloboEsporte.com

O Estádio José Cavalcanti, em Patos, tem na história um título paraibano da 1ª divisão — Foto: Expedito Madruga / GloboEsporte.com

O formato da competição era o seguinte: dois turnos de pontos corridos, o primeiro com jogos de ida, e o segundo com as partidas de volta, com os quatro primeiros colocados se classificando para as semifinais do primeiro e depois do segundo turno. O mata-mata era disputado em jogos de ida e volta, com as equipes de melhor campanha jogando com a vantagem. Os campeões de cada turno decidiram o título em dois jogos finais. Enquanto isso, os rebaixados seriam os dois times que menos pontuassem na classificação geral.

Naça de Carlinhos Paraíba

Aquele time do Nacional de Patos contava com grandes jogadores. Na época, um jovem saiu do banco de reservas e se aventurou entre os titulares. O bom desempenho de Carlinhos Paraíba mostrava como o jogador era diferenciado, sendo um dos destaques do Naça naquela edição do Campeonato Paraibano. Depois daquele ano, o meia jogou por Santa Cruz, Coritiba, São Paulo e clubes do Japão.

– Nós revelamos um grande jogador, que era Carlinhos Paraíba. Ele, jovem, começou no banco de reservas. Quando Helinho se machucou, ele se tornou titular para não sair mais. Ele jogava pela esquerda, Ribinha no meio e eu pela direita. Edmundo ficava no ataque. Nós atacávamos com esses quatro, além de termos uma defesa bem sólida com Wescley e Henrique – recorda Lamar, camisa 10 daquele time.

Carlinhos Paraiba voltou ao Santa Cruz em 2018, na disputa da Série C do Brasileirão — Foto: Aldo Carneiro / PernambucoPress

Carlinhos Paraiba voltou ao Santa Cruz em 2018, na disputa da Série C do Brasileirão — Foto: Aldo Carneiro / PernambucoPress

Atualmente, aos 37 anos, o jogador ainda atua, tendo disputado a temporada passada pelo Anapolina. Ainda existe um desejo da diretoria do Nacional de Patos em contar com o meia para um possível último contrato profissional.

Recentemente, o Nacional de Patos transmitiu dois jogos históricos daquela campanha: a final do primeiro turno contra o Sousa e a decisão do estadual contra o Atlético de Cajazeiras. Carlinhos Paraíba gravou um dos vídeos divulgando uma das partidas (confira abaixo).


G/PB

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com