BrasilPolitica

Jean Paul Prates confirma indicação de Lula para presidência da Petrobras

Em nota, economista afirma ser "uma honra a responsabilidade de conduzir uma empresa que é patrimônio de todos os brasileiros"

ÓTICAS GUIMARÃES

O advogado e economista Jean Paul Prates confirmou que foi indicado como futuro presidente da Petrobras pelo governo eleito de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “Recebi hoje a missão de comandar a Petrobras pelos próximos anos. Muito me honra a escolha do Presidente Lula que coloca sobre mim a responsabilidade de conduzir uma empresa que é patrimônio de todos os brasileiros”, afirmou.

Jean Paul disse ainda  que pós a posse do novo governo terá pela frente “um processo burocrático, estabelecido pela legislação e pelos sistemas de governança da Petrobras, até que ocorra a formalização do meu nome como presidente da companhia”. A indicação do economista ainda precisará passar pela aprovação do conselho da estatal.

“Nesta oportunidade, terei a chance de me dirigir ao Conselho da empresa e à sociedade em geral para apresentar de forma detalhada nossos planos para a empresa”, destacou.

Em suas redes sociais, Lula também anunciou a indicação: “Advogado, economista e um especialista no setor de energia, para conduzir a empresa para um grande futuro.”

Trajetória política

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) foi eleito como primeiro suplente da então senadora Fátima Bezerra em 2014. Quando Fátima foi eleita governadora do Rio Grande do Norte, em 2018, ele assumiu a cadeira no Senado. Seu mandato terminaria em 2023.

Ele abriu mão de concorrer à reeleição neste ano para ser suplente de Carlos Eduardo Alves (PDT-RN), o candidato apoiado pelo PT para o Senado no Rio Grande do Norte. Alves não se elegeu.

Biografia

Jean Paul Prates tem 54 anos e é advogado e economista com 30 anos de experiência nas áreas de petróleo, gás natural, biocombustíveis, energia renovável e recursos naturais.

Foi membro da assessoria jurídica da Petrobras internacional (Braspetro), no final da década de 80. No início da década de 90 fundou a primeira consultoria brasileira especializada em petróleo.

Por Ingrid Alfaya – CNN Brasil


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo