Irmãs morrem vítimas da Covid com intervalo de apenas 20 minutos no Sertão



A Covid-19 não para de fazer novas vítimas. Em Pombal, duas irmãs morreram num intervalo de 20 minutos. Anália Maria Oliveira, 58 anos, e Ana Lúcia Nobrega, 56 anos, estavam internadas, mas não resistiram. A mãe deles está hospitalizada com o coronavírus e o estado de saúde é grave, segundo parentes.

“Minha tia, que é mãe das minhas primas está lutando pela vida em um leito do hospital de Pombal. Uma família em pedaços assim como tem acontecido todos os dias em milhares de famílias. E o que mais me deixa triste além da dor de perder pessoas queridas, é ter que utilizar o meu tempo no rádio todos os dias para pedir e até implorar para que as pessoas façam um dos mais simples gestos de combate a essa doença que é o de usar máscaras”, relatou o radialista F. de Assis.

O profissional diz que está cansado de ver as pessoas ignorando as recomendações de isolamento e a mortalidade do vírus. “Confesso que as vezes tenho vontade de desistir de tanto falar neste assunto, tenho vontade de dizer: ‘não vou mais me preocupar, cada um que se cuide’. Mas logo me vem à mente o meu compromisso, a minha missão”, desabafa.

MaisPB