• Dra Milena
Locais

Irmã de Roberto de Santa Gertrudes, diz que Hospital de Patos não tem vagas na enfermaria para colocá-lo. Diretor clínico se pronuncia; ouça;

ÓTICAS GUIMARÃES

Em contato com a reportagem do Patosonline.com, na noite desta sexta, 24, a senhora Sheila Lira, irmã do líder comunitário e ativista Roberto Jerônimo Sales, de Santa Gertrudes, deu novas informações sobre o seu estado de saúde, desde o dia 2 de maio, há 52 dias internado no Hospital Regional de Patos.

Segundo Sheila Lira, Roberto foi infectado por uma bactéria na UTI e se recuperou de um terceiro infarto e um AVC, mas continua internado na UTI do Complexo Hospitalar Regional de Patos Deputado Janduy Carneiro, ao lado de 5 pacientes infectados, mesmo estando em condições de ser transferido para a a enfermaria do complexo.

“Nós estamos muito preocupados, por que há mais de 10 dias ele deveria ter saído da UTI junmto desses pacientes que estão infectados com uma bactéria. E graças a Deus ele não está com essa bactéria, ele foi curado já. Gostaríamos de saber o por que ele está junto com esses pacientes que estão com essa infecção?”, indagou Sheila Lira.

Ela acrescentou que a família foi proibida de visitar Roberto na UTI do hospital, fato que revolvou os seus 10 irmãos, que há quase dois meses acompanham o caso de perto.

O líder comunitário sofreu um infarto na segunda-feira, dia 2 de maio, e foi socorrido para o Hospital Regional de Patos por uma ambulância do SAMU que vinha passando pelo distrito no momento da ocorrência.

Ele chegou a apresentar gravíssimo estado de saúde, chegou a ser intubado, mas conseguiu se recuperar da situação e teve boa evolução.

O QUE DIZ O HOSPITAL

O diretor clínico do Hospital regional de Patos, Pedro Augusto Dias Timóteo, informou ao Patosonline.com, esclareceu a nossa produção que Roberto teve um infarto e um AVC, e evoluiu em seu estado de saúde, em condições de ser transferido para a área de enfermaria do Hospital Regional de Patos.

No entanto, segundo Dr. Pedro Augusto, o paciente não corre risco de contrair a bactéria, mesmo próximo aos demais pacientes contaminados, devido ao seu organismo ter produzido defesa contra esse tipo de enfermidade.

Quanto as visitas, Dr, Pedro Augusto esclareceu que as vsitas de UTIs e enfermarias foram suspensas devido a internação de novos pacientes infectados com a Covid-19, sendo esta uma medida preventiva para evitar a contaminação de outros pacientes.


Por Genival Junior – Patosonline.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo