• Dra Milena
Locais

Internauta denuncia que precisou esperar 4 horas para que bebê de 8 meses fosse atendida no Hospital Infantil de Patos, porque o médico estava dormindo

O jovem conta que precisou se alterar para que a bebê conseguisse ser atendida, e mesmo assim, o médico fez o atendimento com má vontade, sem examinar a criança.

ÓTICAS GUIMARÃES

A redação do Patosonline.com recebeu na manhã desta terça-feira, dia 11 de janeiro, o contato de um internauta que preferiu não se identificar, denunciando a demora no atendimento de sua filha de apenas oito meses, no Hospital Infantil Noaldo Leite, em Patos.

Segundo relata o internauta, ele e sua esposa chegaram na unidade hospitalar por volta de meia noite desta terça (11) com a filha de apenas oito meses de idade, que estava apresentando muita febre, diarreia e vômito. Foi feita então a triagem e a ficha para que pudesse ser realizado o atendimento. Porém, para que esse atendimento fosse realizado, eles tiveram que aguardar cerca de quatro horas, porque segundo o internauta, o médico de plantão estava dormindo.

Ele se disse chateado com a situação e resolveu fazer esse desabafo. O jovem conta ainda que precisou se alterar para que a bebê conseguisse ser atendida, e mesmo assim, o médico fez o atendimento com má vontade, sem examinar a criança e o único remédio passado foi Bromoprida Injetável, sendo que não foi passado nenhum medicamento para febre.

Após isso, ele esperou novamente na fila e fez a ficha para se consultar com outra médica, que fez o atendimento correto e até o fechamento desta matéria a criança estava se sentindo melhor e já havia tomado soro e outros medicamentos.

A redação do Patosonline.com procurou a diretora do Hospital Infantil Noaldo Leite, Isabella, que nos informou que irá checar toda a situação e acompanhar o caso para que possa se pronunciar em breve.

Patosonline.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo