Gerais

Inscritos no Enem que testaram positivo para Covid-19 podem solicitar reaplicação da prova

A reaplicação poderá ser solicitada na Página do Participante, em até cinco dias úteis após o último dia de prova, que será em 20 de novembro.

ÓTICAS GUIMARÃES

Os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que não puderam comparecer aos locais de prova por terem testado positivo para a Covid-19 terão a oportunidade de solicitar a reaplicação da prova, segundo o Inep. Conforme apurou o ClickPB, o inscrito deverá solicitar reaplicação, na página do participante, em até cinco dias uteis após o último dia de aplicação. O última dia de aplicação é o próximo domingo, dia 20 de novembro. 

De acordo com o Inep, os casos serão julgados individualmente pelo instituto educacional. Segundo consta no edital do exame, além da covid-19 as pessoas que se inscreveram na prova mas testaram positivo para tuberculose, coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza e, doença meningocócica e outras meningites, varíola, influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola, varicela também têm direito de solicitar a reaplicação.

Ao acessar a página do participante, a pessoa interessada deverá incluir documentos legíveis que comprovem a necessidade da solicitação. São eles:

a) nome completo do participante;
b) diagnóstico com a descrição da condição que motivou a solicitação;
c) assinatura e identificação do profissional competente, com respectivo registro do Conselho Regional de Medicina (CRM), do Ministério da Saúde (RMS) ou de órgão competente.

A aprovação do documento comprobatório garante a participação na reaplicação do Exame, em data a ser divulgada pelo Inep e poderá ser consultada também na página do participante. 

O primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontece neste domingo (13). Na Paraíba, a prova está sendo aplicada em 2.775 salas de aulas distribuídas em 400 locais de aplicação, entre escolas e campi universitários, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). 

Fonte: ClickPB


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo