Hospital Universitário de Campina Grande suspende visitas à UTI Adulta



Através da Resolução SEI Nº 2, de 23 de março de 2020, publicada no Boletim de Serviço Extraordinário Nº 81, a Superintendência do Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC), da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e vinculado à Rede Ebserh, altera os artigos 1º e 13 da Resolução Nº 1, que trata das medidas adotadas pelo hospital com o objetivo de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, considerando a pandemia do novo coranavírus (Covid-19).

Com isso, a partir de agora, as visitas para os pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva Adulta do HUAC também estão suspensas. Para que os familiares tenham informações sobre os pacientes, será emitido diariamente boletim de saúde ao Serviço Social Hospitalar, que poderá ser consultado através do telefone (83) 2101-5549.

A Resolução Nº 2 também adiantou a suspensão das cirurgias eletivas, exceto as cirurgias oncológicas, que continuam ocorrendo.

Resolução Nº 2: https://tinyurl.com/wt2dzxx

Resolução Nº 1: https://tinyurl.com/su9fjeb

Sobre a Ebserh     

Desde dezembro de 2015, o HUAC-UFCG é filiado à Rede Hospitalar Ebserh. A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, contribuem para a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Camila Monteiro – Jornalista HUAC-UFCG




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.