• Dra Milena
Locais

Hospital Infantil Noaldo Leite recebe Comissão de Saúde da Câmara de Patos, nesta sexta (22) e diretora comenta; ouça

ÓTICAS GUIMARÃES

A Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Patos foi recebida, na manhã desta sexta-feira, dia 22, em visita ao Hospital Infantil Noaldo Leite. Na oportunidade foi apresentado todo hospital, a diretora geral Isabella Cristina mostrou os avanços e melhorias aplicadas ao Hospital Infantil, sobretudo no período que compreende sua direção.

A equipe considerou o momento como sendo de grande valor, para que os vereadores e a população percebam o trabalho que vem sendo desenvolvido, com clareza, humanização, e também tomem conhecimento das dificuldades que existem diariamente no serviço. Para a diretora, a oportunidade é valiosa e deve ser repetida sempre a título de transparência e conhecimento.

“Nós recebemos a Comissão de Saúde da Câmara Municipal, onde tivemos, no primeiro momento, um acolhimento, onde mostramos que podemos aumentar a oferta na demanda desses atendimentos, isso já dando às crianças que buscam atendimento e o Hospital por ser de Urgência e Emergência de Patos e toda a terceira macro, acabava existindo uma superlotação, mas aumentamos a demanda para melhor prestar uma assistência. Foram colocadas as melhorias sobre os dois leitos que foram abertos na Sala Vermelha, onde estabiliza os pacientes, onde colocamos o nosso aumento, passamos de 600 por mês para quase 4.800 atendimentos ao mês. É notório que o Infantil de Patos é um hospital de resolutividade, que tem profissionais capacitados, que se doam a prestar assistência e isso ninguém pode duvidar”, afirmou Isabella.

A diretora fez questão de destacar o esforço das equipes, mesmo diante de grandes desafios e afirmou que estão prontos para trabalhar ainda mais, ao anunciar aumento da possibilidade de atendimento. Ela se colocou à disposição para esclarecer qualquer dúvida que surgir.

“Nós levamos os vereadores à farmácia, porque foi questionada a falta de medicamentos, que não é verdade. Mas mostramos a eles uma farmácia satélite e a central de abastecimento do hospital. Mostramos para eles os números de crianças que entram na UTI e recebem alta, que recebem diagnóstico e saem. Mostramos a situação do caso da criança que veio a óbito e tudo foi esclarecido. Os coordenadores puderam mostrar o trabalho brilhante que têm junto com as equipes, que sofrem quando não conseguem reverter alguma situação, mas que continua forte”, explicou.

A diretora Isabella disse que o momento foi de grande valor para que os vereadores e a sociedade tenham conhecimento real da situação, dos desafios. Ela reafirmou que as portas sempre estarão abertas e que podem visitar o hospital sempre que quiserem. Ouça outros detalhes no áudio abaixo:

Patosonline.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo